3 de jul de 2011


Na Tentiva incessavel de viver, sobreviver, e me auto indentificar, meus pensamentos vagam comigo nas esquinas da cidade,O som oco , e vazio de  meus passos largos andam soando estranho até para mim , acho que tudo que eu preciso é parecer criança dinovo, por um momento , poder voltar ao passado, um passado aonde não existe dor, aonde eu vivia somente, o meu dia a pos dia, sem pensar no ontem , ou no amanhã.
Não me recordo de momento algum de minha infancia em que possivelmente eu parei sentei e chorei , e me questionei o que eu iria, ou estava fazendo de minha vida. Eu apensas vivia o Hoje!
Felicidades que era tão simples de se ver e possivel se notar nos olhos, amigos que não pensavam em traição, que não me abandonavam ,que não tinham pensamentos de malicia, sinto saudades não digo de tudo, mais do algo que me falta hoje, que me deixa assim vazia, as vezes sem chão.Lembro-me do que eu chamava de amor, era simples notorio, e simplismente correspondido com um segurar de mão. Para ser mais realista , Eu quero voar! Quero sair dessa Jaula, quero ser livre será se é pedir de mais? Existia um calor que eu não queria perder, da sua pele quente que me fazia tremer. e ai? o que que faço com essa falta que você me faz, a hora nesse quarto parece retroceder. Mais quando eu penso em você, o tempo voa!
Sabe, você é a unica coisa que tenta me fazer perder o foco. Eu planejei a nossa casa, com aquele cachorro fresco que você sempre sonhou, imaginei entrar,  ver em nossa casa, meu tenis sujo, que calça meus pés nessa trajetoria da vida, e aquela haviana branca que te da um charme , inexplicavel.
Mais quer saber! O tempo voa! e eu deternimei, te esquecer arranque de dentro de você tudo que lembra a mim, de sua pele minhas digitais..

você não mora mais em mim!

nathalia's

Eu abri mão.

1 de jul de 2011


Nessa madrugada, eu pude me deparar pela primeira vez com a mudança! acho que foi a prova real ,dos nove, ou como quiser chamar, eu pude ver que esperei tanto tempo por algo que por mim não foi capaz, mais por um outro alguem foi , e rapido demais, é dificil até de explicar, sinceramente não espero que mais alguem tenha passado por isso , só de pensar que tudo foi tão bom , mais eu abri mão, e possivelmente eu abri mão , para minha felicidade e para felicidade dela. Eu to feliz com Deus, não que antes eu não o tivesse, mais hoje eu vivo em outro plano com ele, de uma forma diferente, muitas das vezes eu a amei acima de todas as coisas, e hoje eu observo que o tal amor da minha vida era algo tão grande, e aquela que dizia que eu era o tudo , foi tão pequeno , tão rapido, eu estacionei por um tempo, foi dificil assimilar que aquela boca poderia beijar outras bocas que nenhuma fossem a minha, me recordo de quantas vezes exclamei , gritei , chorei, me esperniei, e cobrei a Deus por que, eu teria de suportar essa dor de ausencia, e hoje eu entendo que tudo foi para um crescimento, mais tudo o que eu fiz, e passei foi consequencia de tudo que eu mesma semeei? acredito que sim! de todas as brincadeiras, as mentiras, as fabulas, no meu tempo de ignorancia, depois virou um amor, que hoje observando não era tão incondicional assim, e apartir de hoje, começo a refazer meus planos, ja tinha mais de um ano longe, mais um longe tão perto, que talvez esse fosse o meu espinho na carne, em meus momentos de angustias as fraquezas se focavam no DDD (051) que eu nunca mais fora atendida, sabe, eu falo com Deus, e compartilho com você hoje, o amor é uma linguagem inexplicavel, que realmente tudo suporta, tudo crê, mais quando esse amor,  é maior que todos os amores, uma hora ele é arrancado de ti ,ou você tem a opção de abrir mão, para colocar cada um em seus postos como deve ser.. Amo a Deus hoje acima de todas as coisas, minha familia, meus amigos mais chegados que irmãos, e agora sim , eu espero por você, amor! não sei com quem vem , de que forma vez, mais agora, de fato, meu coração ta aberto para ele entrar. e habitar meu coração!

Desabafo.com

A Solidão é complicada!

23 de jun de 2011

Oi, Faz tanto tempo que não posto aqui! Senti saudade nessa manhã.


Tava pensando em algumas coisas que atordoaram minha mente esses dias,venho meninas reclamando, da solidão, sinceramente, eu me sinto só muitas vezes mais em relação a amigos, e nao  em relação, a Amor, paixão , ou coisas do tipo, sim, eu sou solteira. mais isso de fato não me atordoa, quero dizer uma coisa pra você, do que adianta , muita das vezes você se projetar para alguem, colocando suas melhores roupas, ou até mesmo lingerie, para momentos, de prazer! se depois você mesmo se queixa, que nos dias dos namorados, tá sozinha, que sonha  em andar de mãos dadas, e monte de coisa!  eu vivia reclamando , eu nao sei está sozinha , ficar sozinha, Eu nao tinha notado, que eu nao me amava! eu viva de projeçoes, são raras as mulheres que nos dias de hoje, se valoriza, que se ama, se admira, não precisa ser narcizista também, mais, se cuide se trate, não somente as sextas feiras, não é dia de fazer as unhas, no sabado as 4 porque vai sair as 8, maquiar somente, se for ve-la (o) , o que acontece na marioria das vezes é o fato de nós entregarmos de alguma forma, por amor, um amor, que nos consome, por uma noite, por uma noite mais direta de SEXO , que alimenta suas volupias, mais depois , a paixão te consome, e você fica ai largadinha.. Se valorize, se ame, porem não se idolatre. O amor ele não visiona sexo, ele não visiona, mãos bobas, a paixão sim , ela visona fogo, que arde sem ver, ela observa roupas curtissimas, nao observa suas unhas com detalhes de francesinha, nem seu cabelo com um corte mais moderno, e sim suas curvas, suas mãos, paixão é boa no casamento, rs por que há relamente importancia com aquele ser que habita dentro de você, que se revela nas dificuldades, e também , nos momentos, bons!  e o fogo ainda sim  arde, o fogo ainda assim não se apaga. Observe se você não é um objetinho! :D

beeijos!
Pamela

é..

14 de jan de 2011


Eu não sou mais necessária e, por isso, decidi seguir em frente sozinha. Tudo fica mais fácil quando começamos do zero, ou penso que é melhor me iludir ao pensar dessa forma. Não me importo em seguir o caminho mais longo, nem o mais complicado; apenas quero o caminho que doa menos. Porque, na verdade, não importa mais nada, sabe? Já não me preocupo mais com o tal blablabla, de que aprendemos quando erramos - até porque, nunca pedi para aprender nada. Eu só quero deixar de sentir esse sufoco por sentir demais, como se tivesse uma flecha cravada em meus pulmões - ao mesmo tempo em que tenho ânsia de dar marteladas em minha cabeça, para jogar fora toda a razão. Chega a hora em que você desiste de tentar entender, e sente vontade de excluir qualquer sentimento vivo dentro do peito. Quero apenas levantar de manhã com a certeza de que nada me fará dormir aos prantos.






Se eu estou forte, se eu estou caido , Deus me ama! :D

Musiquinha ♥

Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!