Iguais

31 de out de 2012


Já era quase meia noite quando Renier ligou, sua voz era mansa e inesquecível, enquanto ele dizia sentir saudades minha mente se lembrava do cheiro de seu perfume, dos detalhes de seu rosto, de como ele era carinhoso, foram mais ou menos vinte minutos de prosa, sem que ele notasse questionei onde ele estava, conhecendo já minha personalidade, entre risos disse que estava em casa deixando-me bem claro que estava só, sentei-me a cama olhei para o teto e questionei meus pensamentos, ir ou não ir? Sem nem pensar muito tomei meu banho, coloquei uma bermuda e sem camisa mesmo fui ao encontro dele, passei em uma adega e comprei um vinho que ele gostava, e aproveitando o lugar levei a taças que me agradava , uma só para que fosse algo estratégico . Sem comunicar minha chegada  , me lembrei aonde ele tinha costume de guardar as chaves de casa, e não era que estava no mesmo lugar? Debaixo do tapete lateral , entrei sem fazer muitos barulhos e notei ele deitado, parei e observei , na realidade contemplei aquele monumento humano , sem nem se quer olhar para mim , ele disse
- Estava te esperando,  seu cheiro veio me perturbar, eu saiba que você viria ao meu encontro!
Fiquei assustado com tamanha percepção, não fiz barulho, e eu acho que quem era a vitima nesta noite  era eu , Renier conseguia me manipular  facilmente , ele conhecia minhas façanhas, minhas artimanhas, sem dar uma palavra, me acheguei passei as mãos por suas costas nuas , abri o vinho , e derramei uma taça dele sobre suas costas , elas tão desenhadas e curvilíneas , não havia  taça melhor que seu próprio corpo , e me embriaguei naquele vinho caro, e em seu charme barato que me conquista, que me contorce,  que me traz pensamentos de volúpia , suspiros ofegantes.(...) E tocou meu celular, já era 7 da manha , não queria acorda-lo , levantei , peguei o carro,  passei na padaria mais próximas , comprei algo para que ele comesse ao se levantar,  deixei um bilhete , a taça , o resto do vinho que sobrou , para que ao olhar ele entenda, que para mim a melhor noite começa um vinho , e termina no nascer do sol.
E dessa vez,  quem teve o domínio , fui Eu!

Devaneios de amor

28 de out de 2012



Eu acho que dessa vez, quem se empolgou foi ela, com sonhos que lhe tiravam os pés do chão , que lhe fazia mergulhar em um mundo que na realidade, não existia, como se tudo que lhe fora planejado , lhe gera-se uma segund
a vida, uma capsula protetora, um sub mundo , enquanto ela sonhava, ele planejava coisas tão pés no chão, enquanto ela dizia que amava de uma forma incondicional, ele dizia meras palavras, pode até ser que havia sentimento, pode até ser que há amor, mais não a preenche, nao enche, não a toma pelos braços e consome, falta algo? não nele, talvez nela! a maturidade ao sonhar, há lei para os sonhadores, ela queria mais, um mais que ele não poderia disponibilizar, ela queria beber ele em um gole só , e poder declarar aos 7 ventos, que de fato ele era dela, enquanto ele, só dizia, que a amava, parecia sem sede, sem fome , não fome de prazer sexual , mais era como se cada um estivesse desenhando uma vida para cada lado da trilha. e não poderia ser assim, quando se ama, se caminha junto, se sonha junto , se deseja, se tem sede, se tem fome, será se os grandes poetas mentiram pra ela? Roberto Carlos você mentiu? tem uma musica da Ana carolina que ela ama, que fala de amor de uma forma tão devoradora, aquele, do jeitinho que ela sonhou, consome, que faz gritar, que há zelo , um certo tipo de cuidado especifico , que há tesão! não só uma chama ardente mediante a palavras. Ela parou , pensou , pensou . e vai pensar, até encontra, até sentir, até viver, roer, retorcer. GEMER

Loirissima o/

15 de out de 2012

Fase loira da vida *-*

1 de ago de 2012




Me senti pela primeira vez paralisada mediante as circunstancias que se encontrava meu coração
frio , calculista e observador, me lembrei de quando em um momento da minha vida uma pessoa dedicou uma musica a mim , e um pedacinho dela dizia assim
" você vai ser a mais feliz, se confiar em mim" em milhares de juras de amor,  o que na verdade eu senti foi dor, mais havia algo diferente em tudo isso , lembro-me de como sua voz me acalmava, de como seu cheiro me perturbava , de como você amava sonhar, isso me fazia rir , as vezes me pego sonhando com o presente , buscando acreditar que meu futuro vai ser diferente.. afinal você se foi , eu me fui, eu tive que reaprender os caminhos do coração sem tropeçar nos meus próprios passos,  e Foi difícil, e quando eu tento dizer algo eu sempre ouço que tudo vai acabar bem, ainda me lembro de tudo que eu quero esquecer para reaprender a viver. <3 nbsp="nbsp">

19 de jul de 2012




Eabdicaria muitas tardes ociosas para preenchê-las ao seu lado, com sua presença. Porque com você , não há ócio: se o silêncio tenta tomar conta, a gente inventa piada e ri. Se o frio tenta nos estremecer, um abraço apertado aquece. Se as coisas tristes rondam nossos pensamentos, um ajuda o outro a dissipá-las e mandá-las pra longe, pra gente focar no que nos faz felizes e plenos. Porque com você, a definição do que é felicidade se faz presente. Com você, o sorriso brota mesmo que involuntário, as palavras se escondem, mas o olhar entrega. Porque com você, o tempo passa assimbemdepressa e quando nos damos conta, já é hora de se despedir. É um “até logo” melancólico, um “eu não queria ir” e uma inevitável separação. Mas é só de corpo, porque eu permaneço em você, e você em mim. E será sempre assim. Porque eu trocaria qualquer tarde ociosa, ou o que fosse, para preencher meu tempo sendo feliz. Sendo feliz com você.

Matheus

2 de jul de 2012




Cada dia que passo, posso perceber,  o quão diferente ele é de tudo que eu imaginava.
mais ainda assim ele consegue ter o ar de me surpreender, com palavras muita das vezes incertas, com jeito ainda menino de meter os pés pelas mãos, o incrível  e ao mesmo tempo triste é que o coração dele blindou,  não sei se foram as dores, ou as desilusões, ou talvez uma certa maturidade precoce! algo demais para um jovem menino , as vezes tão complexo , que esquece de ser ele mesmo! suas incertezas ainda o faz colocar a cabeça no travesseiro e passar a noite pensando no que pode acontecer, ou no que aconteceria se houvesse feito, o vazio sei que as vezes o consome, mais ele sabe lhe dar muito bem com isso, coloca um sorriso no rosto , pisca para Deus , e vamos lá! mais um dia, é assim a vida, um dia após o outro, uns sonhos vão outros vem, alguns alegram o "pequeno grande coração" outros, magoam e machucam , e ele consegue notar que sonhou em vão, ele pode achar que não , mais o conheço bem , sei quando está legal , quando não esta, mais pelo meu jeito destrambelhado de ser me impus limites,  tem dias que não quero sentir, e que não entendo como sei, só sei , que sei!! E que o seu coração tem porta e placa escrita, "não entre sem bater" , e no meu diz , "fechado pra manutenção", desde o dia que ele passou por aqui, na verdade não quis apagar alguns rastros deixados, apenas modifiquei a forma de olhar. Eu acho!
Em uma manhã ao levantar, olhei para o céu, pisquei para Deus , e ele entendeu sem eu dizer meias palavras, eu quis dizer, Cuida dele, pra mim.
As vezes ele se faz de tão forte, de tão durão, que no fundo, é orgulho puro, é frágil não tanto como um bibelô, mais semelhante a uma Fruta madura em meio a estação, poucas são as que caem que podem ser consumidas, logo se estragam.  O bom de tudo , é que quando ele está a ponto de se estragar, ele ergue a cabeça, e coloca mais um vez, aquele sorriso no rosto , guarda o senso de humor no bolso , e vamos lá!


APESAR DE SUAS FRAGILIDADES, ELE AVANÇA!

Toni , e Marrie

28 de jun de 2012



Ela chegara tarde naquele dia de inverno, o sol já havia se posto, o café esfriado, e Toni, já estava a deitar, quando ouviu o ruido da porta ao abrir, passou milhares de coisas em sua cabeça em fração de segundos, será se eu digo agora? um dos últimos pensamentos que ecoou em sua cabeça até a ela aparecer no Quarto.
- Olá , disse ela com sua voz suave, (seu olhar não era mais o mesmo de dois anos atras, estava sem brilho)
e Toni pensava, o que aconteceu , pra onde foi as estrelas que ela escondia no olhar?
- Oi, respondeu ele, sem levantar da cama.
Ela disse:
 - Preciso te dizer algo: que já me incomoda a um tempo! enquanto sentava a cama.
já estamos alguns anos juntos, e essa semana, pude notar que algumas coisas , mudaram.
Toni respondeu, Logico, o tempo passou e as coisas mudaram! com um sorriso de canto de boca,
mais em seus pensamentos , ecoavam , será se falo agora? será se ela vai terminar tudo? e o que vai ser de mim? quem vai cuidar de mim?
- Ela logo respondeu. Primeiro deixa eu dizer tudo que tenho a dizer, depois você fala pode ser?
 Sim , respondeu Toni fazendo sinal com a cabeça!
- Então, como estava dizendo as coisas mudaram, não sei se fui eu que mudei, ou se foi você, o pior de tudo é se for nós dois! eu não vejo mais Toni,  você me receber com alegria, ao chegar em casa., é como se fosse indiferente. Lembra quando você me trouxe para dentro de casa no dia do nosso casamento? foi nos braços!
e nem em seus braços eu tenho me encontrado mais, isso me fez perder a alegria de estar em casa, tentei , tentei , tentei inúmeras vezes, chamar atenção,
- Toni, a quanto tempo não fazemos amor? a quanto tempo você não me olha como mulher? eu cheguei a pensar que o problema era só em mim , que meu corpo não te agradava mais, e isso me fez perder o brilho! o brilho da vida, porque eu não sei viver a vida sem você! Lembra, do para todo o sempre? é para sempre! e preciso te dizer uma coisa , Toni, eu perdi um filho seu , e você nem notou nada diferente no meu corpo , sinceramente, nem eu..

E por alguns minutos, ela chorou de soluçar, e Toni, sem reação não sabia o que fazer, falar, sentir, ele na verdade queria sumir.
- Toni fala alguma coisa!! Exclamou ela!

- Marrie,Eu ja havia notado sua diferença, sabia que havia algo errado, e pensei por alguns momentos que o problema era que você não me amava mais, notei , inúmeras vezes você linda ao meu lado , te desejei , queria te tocar, mais a ausência de brilho nos seus olhos me fez ter medo de me aproximar, quanto a um filho,
como você não me falou nada, tudo bem posso ser ignorante não ter notado , algumas coisas , mais eu tinha o direito de saber, ter um filho com você marrie, é o que eu mais sonhei , planejei , imaginei , me perdoa pela minha falta de dialogo , talvez pela minha imaturidade no relacionamento , antes de você chegar eu estava pensando , o que falar? como falar? marrie, eu sou dependente do brilho dos seus olhos para ver a vida mais bela, Eu te amo também , não sei o que aconteceu , mais vamos dar mais uma chance a nós, vamos tentar começar do zero,

- Toni , é o que eu mais quero, mais será se ainda tenho forças?
- Deixa eu ser a sua força marrie, deixa eu te erguer,

Toni chamou Marrie até a porta de casa, e a pegou no colo , como se fosse a primeira vez, e passou a todos os dias, quando ela estava chegando do trabalho, a esperar ela na porta, e a carregar para dentro do lar, ele entendeu a mensagem , e Marrie, pouco a pouco foi voltando a brilhar, voltando a  ver cor na vida.
e a novidade, ela está gravida, e eles? Super felizes!


Bruna (:

Eu acho que dessa vez, quem se empolgou foi ela, com sonhos que lhe tiravam os pés do chão , que lhe fazia mergulhar em um mundo que na realidade, não existia, como se tudo que lhe fora planejado , lhe gera-se uma segunda vida, uma capsula protetora, um sub mundo , enquanto ela sonhava, ele planejava coisas tão pés no chão, enquanto ela dizia que amava de uma forma incondicional,  ele dizia meras palavras, pode até ser que havia sentimento, pode até ser que há amor, mais não a preenche, nao enche, não a toma pelos braços e consome, falta algo? não nele, talvez nela! a maturidade ao sonhar, há lei para os sonhadores, ela queria mais, um mais que ele não poderia disponibilizar, ela queria beber ele em um gole só , e poder declarar aos 7 ventos, que de fato ele era dela, enquanto ele, só dizia,  que a amava, parecia sem sede, sem fome , não fome de prazer sexual , mais era como se cada um estivesse desenhando uma vida para cada lado da trilha. e não poderia ser assim, quando se ama, se caminha junto, se sonha junto , se deseja, se tem sede,  se tem fome, será se os grandes poetas mentiram pra ela? Roberto Carlos  você mentiu?  tem uma musica da Ana carolina que ela ama, que fala de amor de uma forma tão devoradora, aquele, do jeitinho que ela sonhou, consome, que faz gritar, que há zelo , um certo tipo de cuidado especifico , que há tesão! não só uma chama ardente mediante a palavras.  Ela parou , pensou , pensou . e vai pensar, até encontrar!

25 de jun de 2012





Até hoje ainda não sei como aconteceu. Em um instante estávamos conversando, no seguinte, ele inclinou-se sobre mim. Por um segundo, quis saber se o beijo quebraria algo que nos envolvia, mas já era tarde demais para parar. Quando os lábios dele tocaram os meus, soube que poderia viver cem anos e visitar o mundo todo e nada se compararia ao momento único em que beijei o homem dos meus sonhos e soube que meu amor duraria para sempre.
 E quando penso em você, não posso deixar de sorrir, sabendo que você me completa.


Quando agente se casar, cada amanhecer vai ser uma pagina do nosso amor, vamos agradecer a Deus, por ter nos dado a Dadiva de nos conhecer, de nos conceder uma aliança de amor, de zelo de cuidado. 
e todos os dias antes de irmos trabalhar,  trocaremos um lindo beijo, um belo abraço , e isso será sempre! mesmo que estejamos de birra um com o outro, e todo dia quando você chegar do trabalho, vou estar pronta para ouvir , tudo o que aconteceu no seu dia, com detalhes, mesmo que eu esteja cansada, eu não poderei perder esse momento com você.. nos finais de semana, olharemos o mar juntos, e vamos orar pela manha, teremos programações juntos, e eu não vou desgrudar de você, e nas noites frias, seu corpo vai ser meu cobertor, e o meu o seu , e nos esquentaremos, e faremos amor em meio a madrugada, e depois acordaríamos quase atrasado para o trabalho, e vamos sair rindo, meio que desajeitados, e pensaremos uns no outro durante os intervalos do trabalho, eu vou fazer carinho em você, quando você menos esperar, e você me abraçará pelas costas, vai me da os beijos que mais amo na nuca, e eu vou respirar fundo, quando brigarmos, eu vou fazer bico pra você, e depois você vai tentar falar , comigo.. e eu vou fazer charme.  depois eu vou correr e pular no seu colo, e tudo vai ficar bem.  vamos sonhar com nossos filhotes, com os nomes, como eles serão, se serão arteiros ou quietinhos.. 
só sei , que você vai me completar, vai ser meu melhor amigo, meu melhor namorado, marido, meu amante, meu príncipe, meu homem, e eu quero te completar em tudo, quero um dia poder ouvir você dizer, minha esposa, é minha melhor amiga, quero ser sua garota favorita, sua princesa, sua namorada eterna, sua amante, sua mulher.

Euteamo hoje, amanhã , e sempre! 

7 de jun de 2012



E o tempo , passa de pressa , e o sentimento aumenta , e ele veio , o amor chegou!
por quanto tempo te esperei amor, aonde você estava por tanto tempo? porque me deixou só?
foram tantas estacões esperando você para colorir o meu ser! será se você estava sendo preparado pra mim, e eu pra você? poque eu quero sentir isso pra vida inteira! promete não ir embora? você veio para trazer cor a minha vida, e te digo uma coisa, também tenho cores únicas a lhe oferecer, cores de Almodôvar, cores feitas especialmente, para você e eu.. que possamos fazer votos de amor, que com o passar dos anos, venhamos nos aperfeiçoar,  quero ser a melhor pra você, nos momentos de Comunhão, dores, alegrias, e intimidades.

E o que vai ser? o que tiver de ser!

30 de mai de 2012




E ele chegou , quando era de menos esperar! ele veio e preencheu um vazio alojado em meu coração, não é algo como em filmes, nem como escreve grandes poetas, é diferente, ele me faz sorrir, mesmo estando alguns quilômetros de distancia, basta pensar, me faz fazer planos, quando eu nem sei o que vai ser de nós, fico imaginando , sonhando acordada, pensando em nós, em um nós que ainda não exite, mais eu projeto, elaboro. 
E o que vai ser? O que tiver de ser  ué, quem sabe sejamos bons amigos? quem sabe um dia ela venha ser meu marido? ou talvez apenas conhecido , só sei que to vivendo , to curtindo, a cada pensamento solto que me leva a ele, fico a me imaginar, com a cabeça recostada em seu peito, fotos bonitas, beijos abraços, apenas imagino. pode ser? só te peço uma coisa coração, não deixa eu me iludir mais não! não me deixa sofrer tá? Deixa ser. 

Mel

E o tempo voa

24 de mai de 2012

Vanessa e seu vazio Parte 2

21 de mai de 2012




Ao chegar em casa, vanessa logo se deitou , e começou a pensar em tudo que havia acontecido naquela noite, 
questionou seus pensamentos milhares de vezes, se contorcia para dormi,  e parece que tudo voltar a passar em sua mente como um filme, a alguns anos vanessa não estivera contato com ninguém, e não saia de sua cabeça a proteção que ela havia sentido naqueles braços! ela não sentia amor, nem paixão, mais algo ela estava sentindo , no outro dia ao acordar, ficou na expectativa de receber uma mensagem, e nada! uma ligação talvez e nada! 
durante a tarde, leandro apareceu no "msn" e tiveram um curto dialogo , ela tentou justificar o porque ela jamais havia de preencher as expectativas dele, e ele curto , e natural, disse que aconteceu , apenas o que era para acontecer, vanessa queria uma reação, queria algo mais, passou horas pensando , planejando que algo a mais poderia acontecer. e sinceramente nada aconteceu. 
Dias depois , ela resolveu   tentar outra vez, se arrumou  , se produziu para ele , aquela noite, deixou um recado para quando ele viesse chegar do trabalho, que ele pudesse ligar, enfim... ele não ligou!
e mais uma vez, vanessa resolveu se vestir com armaduras de bronze, com medo de mais uma vez se apaixonar, com medo de que na realidade ele queria pequenos momentos com ela. acho que ele não entendeu , que ele poderia tentar novamente, acho que não. e como cantaria pity,  já vesti minha armadura (8)
e agora, são seus pensamentos que vagam , em um sentimento que ela desconhece. 
Oq será? paixão? amor? fuga? uma nova tentativa? 

Eu , também não sei. porem quero descobri. Contarei novidades em outro capitulo

Vanessa e seu vazio Parte 1

19 de mai de 2012



Em uma noite fria de outono, Vanessa estava ali , a espera dele. 
um rapaz que na verdade ela não conhecia muito bem , mais aparentava ser uma porta de escape para
sua crise emocional, vanessa se julga uma menina fria durona, e que ninguém jamais conquistaria seu coração.
e esses pensamentos a perseguiam, será? sera? que eu nunca vou amar alguém?  questionava vanessa em seu momento de solidão, será? será que vai ser sempre assim , eu e eu ? Naquela noite, ela resolveu , gostar de alguém , talvez até amar alguém , Leandro a esperava a uns dias, chamando-a sempre para sair,  ele  não era o tipo de rapaz que ela sonhava em se apaixonar,  Como de fato era ele que estava na frente, ai vamos nós!
Era quase meia- noite quando ele a chamou para dar umas voltas, ela se arrumou em um flash , e saiu ao seu encontro, enquanto mil coisas passavam em sua cabeça, ela estava ali sentada ao lado dele, indo em direção , ao local que ele resolveu leva-la, Ao chegar vanessa se deparou com uma bela casa, com uma lareira acesa, algo totalmente diferente de como ela imaginava, ele estava tão sorridente, tão feliz, parecia que ele havia esperado tanto por aquele momento, vanessa resolveu se desarmar tirar de si , toda proteção de bronze , e se envolver, naquele momento, ele a olhava como se ela fosse a mulher mais linda de todo o mundo, e ela com um olhar vazio, mais ele não notara, ele a beijou  e ela viveu ali , intensos momentos de amor, a unica coisas que ela veio a sentir foi que os braços dele, parecia o encaixe ideal para seu corpo, ele tinha sede dela,    a beijava sem parar, como se tudo ali fosse exclusivamente preparado, projetado , planejado, os beijos eram perfeitos, os abraços não se falam , os olhares que trocavam , se encaixavam , vanessa com seu vazio , e ele transbordante de amor,  que não notava que talvez assim como tudo iniciou em frente aquela lareira, ali também poderia terminar.
- Me abraça disse ela, suspirando.
O calor da lareira esquentava os corpos em um noite fria, os vidros próximos, se embaçaram , beijos, e mais beijos, abraços e mais abraços, até que o telefone de vanessa tocou, já era muito tarde e ela tinha de ir para casa. 
e vanessa continuou com seu vazio , ela não pode dizer que não viveu o momento, mais a unica coisas que ela iria sentir falta, era o seu abraço, talvez em algumas horas,  pudera ela não se recordar mais de seus beijos, nem de seus toques, muito menos do calor da lareira, mais ela se lembraria por toda noite, do encaixe perfeito de seu abraço! 

ele a levou para casa, parecia que todas as suas expectativas não haviam se preenchido, mais era o que ela podia oferecer, a ele  e a si própria

E sabe o que eu , escritora penso de tudo isso , enquanto não se encontra o real amor, meros sentimentos é como segurar areia, vaza rápido de nossos dedos, e continuam deixando a sensação de vazio. 
Será se ele vai se apaixonar? será se ela vai pensar nele ao chegar em casa? .ainda não sei. mais te conto no próximo capitulo! 

Pensamentos

18 de mai de 2012



Eu podia começar contando a história de como você apareceu, e mudou minha vida. Ou eu podia deixar bem claro o quanto eu fui feliz contigo. Mais de que vale isso agora? O que importa o passado, quando o presente é oposto? E também, acho que eu não preciso dizer essas coisas, todo mundo sabe o quanto eu mudei por você ou o quanto eu lutei por nós dois. Tenho certeza de que todo mundo tá cansado de saber, que quem sofre agora sou eu. Me fez acreditar que a realidade era maior, eu fechei os olhos e deixei você me guiar. E agora eu to perdida no meio desse sentimento, que insiste em ficar em mim. Ninguém pode entender o que eu sinto, ninguém sabe as noites que eu passo chorando. Já não é dor, não é decepção, é só um vazio.. acho que a pior dor do mundo, é não sentir dor alguma, é não sentir mais nada. É o medo de se apaixonar, ou de ter algo a desejar. Porque nos meus sonhos ainda passa a imagem de nós . Já não tenho esperanças, mais tenho desejos que me sufocam.. mais tudo vai passar



Uma carta ao amor



Meu Querido!
Não sei aonde você se encontra, na realidade ainda não te conheço, mais tenho esperado encontrar você a um bom tempo! sim , você! aquele que sempre sonhei em suspirar, em andar de mãos dadas, aquele que há de ser um pedaço de mim , não penso que você um  dia possa ser a razão para eu estar viva, afinal você estaria ocupando um lugar que não é seu , mais de fato, acredito que ao te encontrar, começaremos escrever uma nova historia, quero que a cada dia, eu possa pensar, e olhar para você como se fosse a primeira vez, afinal , o amor acho que é uma das poucas coisas sem prazo de  validade, já quebrei tanto a cara, esperando ser você, confundi inúmeras vezes, a joia com a bijuteria, acho que ansiedade nos leva a fazer muitas coisas erradas, eu sei que uma hora você a de estar segurando a minha mão e me abraçando em um dia frio, sei também que vamos sorrir, e nossos sorrisos ão de se completar, que o seu toque a de ser o melhor de todos os toques que já recebi , tudo bem , talvez eu passe mais um dia dos namorados sozinha, mais eu acredito no amor, eu acredito que um dia eu ei de sentir isso , que domina, que consome , que me faz nascer a dia! alguns poetas da musica dizem que o amor é algo simples, mais eu acho que eles mentiram para mim , outros dizem que só se ama uma vez na vida, uns questionam que não, já senti sim  ,borboletas em meu estomago, mais acredito que é muito mais que isso , é como se algo dentro de mim gritasse, soletrando E-U T-E A-M-O , é como se  tudo tivesse nova cor, novo som, e até o meu rosto se transforma, eu saberei quando estou amando , quando eu notar que eu fico divinamente linda ao seu lado , e só te peço uma unica coisa, se você for me machucar, não tire as esperanças do que é o amor pra mim , mais se você for ser realmente um pedaço de mim , não jure amor eterno e vá embora

Com amor
Sua Julieta (: , desde já Amo-te

NathaliaPamela

Uma hora é preciso voar!

30 de abr de 2012



E a um tempo  , esse grito tem se aprisionado dentro de seu pequeno coração, um grito de mudança de questionamentos , de necessidade de uma grande decisão , Ser ou não ser eis a questão! o medo sempre a refreou, sempre lhe impediu de caminhar , O homem mais sábio de todos os tempos lhe disse, "o verdadeiro amor, lança fora todo medo"e ainda sim  por opção travada da vida,ela tem se sentido assim, como se soubesse a dimensão do oceano , e estivesse ali , a anos , no desembocar das águas, se esbarrando em corais, muitos questionamentos passam em sua cabeça! e se não der certo? e se eu me machucar mais uma vez? será se realmente essa é a resposta certa? e chegou o tempo de tomar uma decisão, chegou o tempo de nadar em meio ao oceano de deixar de ser uma mera borboleta, e ousar em ser aguia , em voar mais alto, em acreditar que a dimensão da altura a levara a sentir o sopro de Deus, de se apaixonar a cada dia pelo novo, PARTIR uma palavra doce a ser saboreada, é como sentir o perfume de Deus, palavra que soa como aventura, como perspectiva, RECUAR , soa como sempre soou, e o grito , volta a reprimir, a travar, e tudo não passa de um mero momento de coragem, ao se olhar no espelho a única coisa que ela consegue dizer, ao ver as lagrimas escorrerem é ! Uma hora você vai ter de voar! querendo ou não!






Se eu estou forte, se eu estou caido , Deus me ama! :D

Musiquinha ♥

Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!